3 gatilhos mentais efetivos para aumentar as vendas


Os gatilhos mentais são ferramentas importantes para quem deseja vender. Afinal, eles atuam diretamente na cabeça do consumidor, despertando desejo e causando a necessidade para, enfim, fazê-lo comprar.

Quem trabalha no mercado publicitário sabe o poder que as palavras têm. E com os gatilhos mentais certos, fica mais fácil trabalhar a persuasão em cada frase.


Os estudos focados nessa área apontam diversos tipos de gatilhos mentais que podem ser utilizados na comunicação de uma empresa com o seu público, com o objetivo de vender. Esses tipos de gatilhos são variados e envolvem diferentes discursos, cada um com um apelo específico.


Neste artigo, listamos três gatilhos mentais eficazes e fáceis de se aplicar dentro da comunicação da sua marca, seja na hora de vender ou de anunciar. Continue a leitura e confira três fórmulas de envolver o público e despertar a necessidade de compra de forma simples e assertiva!



Urgência


"Compre agora, é por tempo limitado!". Todos nós já nos deparamos com este tipo de oferta, certo? Esse é um gatilho mental de urgência, que está relacionado com tempo e prazos limitados que estimulam o consumidor a comprar o quanto antes. Afinal, ninguém gosta de perder uma oportunidade.

gif

Você já deve ter visto por aí alguns exemplos do gatilho de urgência, como:

  • “Última oportunidade!”

  • “Só hoje!”

  • “Agora ou nunca”

  • “Últimas horas”

  • “Poucos minutos para a oferta acabar”



Escassez


Se um benefício é escasso, precisamos aproveitá-lo. Essa é a regra do gatilho de escassez, que faz com que as pessoas tomem a decisão de compra mais rápido, para não correr o risco de ficar sem. O gatilho se assemelha ao de urgência, no entanto, ele não está relacionado ao tempo, mas, na verdade, a quantidade limitada de um produto ou serviço que o torna ainda mais valioso.


gif